Solidariedade – Dando “ASAS” aos sonhos

Fotos: Divulgação

O direito a moradia, embora assegurado pela constituição federal, não é uma realidade na vida de muitos brasileiros. União, estados e municípios falham ao não garantir esse direito aos cidadãos, deixando-os muitas vezes desamparados.

Situações desse tipo frequentemente desencadeiam ações da própria sociedade que se mobiliza em prol da solidariedade para com quem mais necessita.

Continua após as publicidades...

Receba notícias do site Portela Online pelo Whatsapp - clique aqui para entrar no grupo. Não tem mais vaga? Envie uma mensagem para (55) 99631-9327.

Continua a notícia...

Um belo exemplo está aqui, na região noroeste, onde a ONG denominada ASAS tem contribuído para realizar sonhos. Segundo a presidente, Dhienefen Weiss Pothin, a ONG foi criada há cerca de um ano para atender as necessidades de moradores da região, com diversos tipos de auxílio, sendo que a reforma de moradias tem sido o trabalho mais significativo nos últimos meses.

Ela relata que o trabalho desenvolvido sempre conta com ajuda de voluntários, sendo que a ASAS realiza o serviço de assistência social levando alimentos, roupas e organizando reformas de moradias com o objetivo de proporcionar uma vida mais digna. “Todo o ser humano é digno do básico”, afirma Dhienefen.

O destaque no trabalho realizado pelos voluntários da ONG até agora foi a entrega de uma casa totalmente nova ao Sr. Arnildo Schuck , aposentado e morador do município de Derrubadas, a qual foi construída através da sensibilização da comunidade, sendo cada tijolo oriundo de doações de moradores e empresas da região. Seu Arnildo foi contemplado pelo fato de sua antiga moradia estar em péssimas condições, com paredes cheias de frestas, telhado remendado com lona e sem banheiro. “Chovia igual na rua”, disse ele.

Segundo Cátia Raquel Schneider , técnica em enfermagem e voluntária da ASAS : “É um trabalho bem audacioso , bem grande, mas a gente se uniu, a equipe né, e fomos até as pessoas e graças a Deus hoje esse sonho foi concretizado”.

Não parando por aí os objetivos, Juniana Siqueira , técnica em enfermagem e também voluntária da ONG afirmou: “Agora vamos começar uma outra parte do nosso sonho, de mobiliar totalmente a casa dele”

É fato que seu Arnildo e outros beneficiados com as ações da ASAS foram oportunizados a uma vida melhor, mais digna, e também que ações desse tipo precisam ser difundidas e ampliadas, afinal a solidariedade dignifica a todos, quem pratica e quem recebe.

Integrantes da ONG Asas durante visita ao escritório do site Portela Online – Divulgação

Deixe um comentário