Dentro do Jogo: Atenção até o fim

É precisar estar atendo durante toda a partida, até o juiz apitar o final muita coisa pode acontecer. Resultados podem ser decididos nos últimos minutos. Alguns bons outros ruins.

No futebol, além de fundamentos táticos e técnicos a atenção é fundamental. De nada adianta tudo o que esta fazendo na partida se em algum pequeno momento ficar desatento, pode ter certeza que a bola vai te punir.

Continua após as publicidades...

Receba notícias do site Portela Online pelo Whatsapp - clique aqui para entrar no grupo. Não tem mais vaga? Envie uma mensagem para (55) 99631-9327.

Continua a notícia...

O Grêmio foi punido por não ficar atendo durante os noventa minutos. O empate estava sendo bom, mas no último lance a desatenção custou caro, mais uma derrota que deixa a equipe cada vez mais atolada no brasileirão.

O tricolor parece não entender o momento que vive, não consegue ter reação o suficiente para buscar resultados melhores e sair do Z-4.

A cada rodada parece que fica mais pesado para buscar uma vitória. O emocional junto com tático/técnico estão se enterrando com mais e mais derrotas no campeonato. Está difícil, mas o Grêmio precisa se reencontrar logo, a distância para seus adversários diretos aumenta em vez de diminuir.

Em contra partida o Inter parece que se reencontrou. E a chave para isso foi que o técnico Aguirre entendeu o grupo que tem nas mãos.

O comandante sabe o potencial do elenco e está sabendo explorar e colocar em campo. Cada jogador no seu devido lugar, sem invenções que prejudiquem o futebol do grupo. Além disso, a formação com Rodrigo Dourado e Rodrigo Lindoso dá mais liberdade para Edenilson atacar.

Mais objetivo e consistente nas movimentações, o colorado esta alinhado para atacar com velocidade. E sempre obstinado a vencer.

Não estão 100%, mas já da um baita respiro na tabela. O Inter voltou a jogar confortável e ganha um sinal de vida no brasileiro.

Por Marieli Pessotto – Colunista Dentro do Jogo

Foto: Lucas Uebel / Assessoria Grêmio

Foto: Ricardo Duarte / Assessoria Inter

Deixe um comentário