Polícia prende envolvido em morte de Índia de 15 anos em Redentora

Divulgação

A Polícia Civil com o apoio da Brigada Militar prendeu na manhã deste domingo, 15 de agosto, uma pessoa envolvida na morte da indígena Daiane Sales Griá, de 14 anos de idade, encontrada morta na localidade de Linha Ferraz, em Redentora (RS) no dia 04/08/2021, por volta de 14h, após o seu desaparecimento ocorrido no dia 31/07/2021 quando, pela última vez, foi vista numa festa na Vila São João, interior daquele Município.

De acordo com uma nota divulgada dois mandados de prisão temporário foram cumpridos, mas apenas uma das pessoas procuradas pela polícia foi presa.

Continua após as publicidades...

Receba notícias do site Portela Online pelo Whatsapp - clique aqui para entrar no grupo. Não tem mais vaga? Envie uma mensagem para (55) 99631-9327.

Continua a notícia...

Por se tratar de decretos de prisões temporárias – que têm duração de 30 dias, explica o Delegado Vilmar que as investigações continuam em curso, com fins de exaurir a coleta de elementos de prova, incluídos os exames periciais em realização no Instituto Geral de Perícias, para, ao final, elucidar a autoria com individualização de condutas, motivações e demais circunstâncias ligadas aos fatos.

Por Representação da Polícia Civil foi decretado o Segredo de Justiça pelo Poder Judiciário sobre as investigações em curso, com fins de preservar e garantir o necessário sigilo para o alcance da elucidação dos fatos.

Arquivo Pessoal

Notícias Relacionadas

Morte de menina indígena em Redentora gera revolta e pedidos de justiça por povos indígenas
MP acompanha investigação policial em caso de menina Kaingang encontrada morta em Redentora

 

Deixe um comentário