Taxista pode ter sido executado em Tenente Portela

Foto: Sandro Medeiros – Portela Online

A Polícia Civil segue investigando as circunstâncias da morte do taxista Ramiro Heurt, de 48 anos, encontrado baleado na noite desta quarta-feira, 14 de julho, na ERS 330, entre Tenente Portela e Miraguaí.

Segundo informou o delegado Roberto Fagundes Audino ao site Portela Online, a vítima foi alvejada com dois disparos de arma de fogo na cabeça.

Continua após as publicidades...
Continua o texto...

A Polícia Civil segue algumas linhas de investigação e não descarta entre estas uma execução. Isto porque pertences da vítima, inclusive seu aparelho de telefone celular, foram encontrados no carro.

Conforme ainda o delegado, não há até o momento como afirmar qual seria a motivação para o ocorrido e nem apontar possíveis suspeitos, mas todas as linhas de investigação estão sendo apuradas.

O crime ocorreu por volta das 21h, no acesso à localidade de Alto Alegre.

O taxista, Ramiro Heurt, que é natural de Miraguaí, chegou a ser socorrido por equipe do SAMU e levado ao Hospital Santo Antônio, mas não resistiu aos ferimentos.