DJ Ivis é preso em Fortaleza após agredir a ex mulher, Pamella de Holanda

Foto: divulgação

Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, foi preso nessa quarta-feira, 14, em Fortaleza por agredir a ex-mulher Pamella Gomes de Holanda. A informação foi confirmada pelo governador do Ceará, Camilo Santana. “Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada ontem pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido”, escreveu em sua página oficial no Twitter.

O caso ganhou repercussão nesta semana após Pamella compartilhar em uma rede social vídeos em que aparece sendo agredida com tapas, socos e chutes pelo artista. As imagens foram registradas na residência do então casal. Em uma delas, a vítima chega a ser violentada ao lado da filha Mel, de nove meses. O DJ também compartilhou vídeos com a mulher tentando agredi-lo e a imagem de um boletim de ocorrência feito em março. À polícia, ele disse ter discutido com ela e que estava “constrangido” e “com medo do comportamento desequilibrado” de Pamella.

Continua após as publicidades...
Continua o texto...

Ivis confessou as agressões, mas afirmou que chegou a passar por chantagens e até ameaças. “Não estou aqui para justificar nada. Estou aqui para mostrar que não aguento mais isso. Muitas pessoas vão me julgar, mas eu não suportava mais isso, eu recebi chantagens, ameaça de morte com a minha filha. Ninguém sabe o que é isso que eu passei.” Pamella foi à polícia no dia 3 de julho e registrou boletim de ocorrência por agressão. No dia seguinte, o Ministério Público solicitou uma medida protetiva para a mulher e a filha, que foi concedida pelo Tribunal de Justiça do Ceará.

Jovem Pan