Acusados de furar a fila de vacinação contra a Covid-19 em Frederico Westphalen pagarão multa

Em audiência realizada na terça-feira, 22 de junho, na Promotoria de Justiça de Frederico Westphalen, foram firmados dois acordos de não persecução penal em investigação referente a fura-fila na vacinação contra Covid-19.

Foi pactuado o pagamento de prestação pecuniária de 35 e 15 salários mínimos, por infringência aos artigos 268 (infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa) e 299 (falsidade ideológica) do Código Penal.

Continua após as publicidades...

Receba notícias do site Portela Online pelo Whatsapp - clique aqui para entrar no grupo. Não tem mais vaga? Envie uma mensagem para (55) 99631-9327. Continua o texto...

Os fatos ocorreram em fevereiro de 2021, quando os investigados, apresentando declaração falsa, foram vacinados como se realizassem atendimento ao público/recepção em estabelecimento de saúde quando, na realidade, não exerciam tais atividades.

O acordo foi precedido de pedido de quebra de sigilo, deferido pelo Poder Judiciário, que culminou na quebra do sigilo fiscal das pessoas físicas investigadas e da jurídica, onde se aferiu a inexistência de vínculo empregatício, bem como de pagamentos pelos supostos serviços prestados.

MP/RS

Deixe um comentário