Homem invade igreja e esfaqueia fiéis no Meio-Oeste de SC

Foto: Assembleia de Deus/divulgação

Um homem de 30 anos entrou em uma igreja Assembleia de Deus em Videira, no Meio-Oeste catarinense, e tentou matar uma jovem de 27 anos. Quando os fiéis viram o homem armado com uma faca começaram a correr. Nesse momento, o noivo da jovem, de 28 anos, tentou protegê-la e acabou ferido no pescoço.

A tentativa de homicídio ocorreu no fim da tarde de domingo (13) na rua Antônio Marcon, no bairro Farroupilha. O suspeito teria entrado no local, ainda com o capacete na cabeça, e encostado perto da jovem com o intuito de machucá-la. Nesse momento, os participantes do culto começaram a gritar e a correr.

Continua após as publicidades...
Continua o texto...

“O suspeito já tinha um tempo que estava perseguindo a jovem e ontem [domingo] entrou na igreja e encostou ao lado da jovem. As pessoas gritaram ‘ele está armado’ e nesse momento todos saíram correndo e ele foi atrás dela”, explica o delegado Wanderson da Silveira.

As pessoas conseguiram ir para a parte de trás da igreja e fechar a porta. A irmã da jovem tentou segurar a porta para evitar que o agressor passasse, momento em que o noivo entrou na frente do homem e foi ferido no pescoço.

“O suspeito deu uma facada no pescoço e o homem caiu. Ele tentou dar mais três facadas na vítima, mas foi contido pelas pessoas até a chegada da Polícia Militar. O homem nunca teve um relacionamento com a jovem”, conta o delegado.

O suspeito do crime acabou detido pela PM (Polícia Militar). Segundo o delegado, ele foi preso em flagrante e encaminhado à UPA (Unidade Prisional Avançada) de Videira.

Atendimento dos bombeiros

O Corpo de Bombeiros foi chamado para atender o homem ferido. A vítima estava no prédio ao lado da igreja, apresentando ferimento cortante na região do ombro/trapézio do lado esquerdo. Ele foi levado ao Hospital Salvatoriano Divino Salvador consciente e orientado, com sinais vitais normais.

Os bombeiros também atenderam uma adolescente de 17 anos que estava no local. Ela apresentava suspeita de fratura no tornozelo esquerdo e também foi levada ao hospital para atendimento médico.

Ainda conforme o delegado, nesta segunda-feira (14) irá pedir pela prisão preventiva do suspeito. Ele deverá responder por tentativa de homicídio e também pelo crime de perseguição.

Fonte: Nd+