Polícia Civil se manifesta após ameaça de atentado a escola mobilizar policiais no Oeste de SC

Foto: Polícia Civil/reprodução

A Polícia Civil, através do delegado Wilherm Negrão, se manifestou, após uma ameaça de atentado à Escola João Roberto Moreira, em São Domingos, no Oeste de Santa Catarina, mobilizar policiais nesta segunda-feira (17). Conforme a nota, sete adolescentes quiseram, pela irresponsabilidade e falta de maturidade condizentes à idade, tumultuar o ambiente escolar.

Ainda conforme Negrão, os jovens não agrediram ninguém e nenhuma arma foi encontrada no local.

Continua após as publicidades...

Receba notícias do site Portela Online pelo Whatsapp - clique aqui para entrar no grupo. Não tem mais vaga? Envie uma mensagem para (55) 99631-9327. Continua o texto...

Vimos divulgação através da mídia acerca de um episódio ocorrido na manhã de hoje numa escola em São Domingos/SC.

Na verdade, os adolescentes, por mera bravata, na crista da onda do lastimável acontecimento ocorrido em Saudades/SC, quiseram, pela irresponsabilidade e falta de maturidade condizentes à idade, tumultuar o ambiente escolar. Nada mais. Nada de arma(s), nada de agressão(ões), nada! Todos eles (sete, num total) foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Civil para instauração de Auto de Apuração de Ato Infracional por conduta análoga ao crime de ameaça.

Após ouvidos, todos eles foram liberados para seus pais/responsáveis, sob termo de compromisso e responsabilidade de sua apresentação ao representante do Ministério Público.

Faremos tão só esse esclarecimento breve à imprensa, sem nada expor em nossa página na rede social, para não fazer plateia para esse tipo de atitude leviana.

Fonte: Clic RDC

Deixe um comentário