Enfermeiros e técnicos são os profissionais da saúde mais atingidos pela Covid-19 no RS, aponta boletim

Foto: Silvio Avila/Divulgação

O Dia Internacional da Enfermagem, celebrado nesta quarta-feira (12), marca, pela segunda vez nesta pandemia, dois desafios diários que os enfermeiros do RS enfrentam: como cuidar dos pacientes de uma doença pouco conhecida e, ao mesmo tempo, evitar o contágio do coronavírus.

Elisandra Luise Valadão Alves é enfermeira em uma unidade de isolamento de Capão da Canoa, no Litoral Norte. Para ela, o pior momento foram os 14 dias afastada do trabalho e da família após ser contaminada.

Continua após as publicidades...

Receba notícias do site Portela Online pelo Whatsapp - clique aqui para entrar no grupo. Não tem mais vaga? Envie uma mensagem para (55) 99631-9327. Continua o texto...

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde (SES), 32.049 profissionais da área da saúde tiveram diagnóstico positivo para a Covid-19. Quase metade deles (15.448 ou 48,2%) eram enfermeiros ou técnicos e auxiliares em enfermagem, aponta o boletim epidemiológico do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS) da primeira semana de maio.

Por outro lado, os trabalhadores da saúde também lideram entre os grupos que receberam a vacina. Até esta terça (11), 437,6 mil profissionais receberam ao menos uma dose dos imunizantes, e 293,5 mil deles completaram a imunização, muitos dos quais são enfermeiros ou técnicos.

O mínimo diante das privações e provações que os soldados da linha de frente enfrentam diariamente.

Fonte: G1

Deixe um comentário