Tenente Portela receberá 110 doses da Coronavac nesta semana

Foto: Governo do RS

A nova remessa da vacina Coronavac que chegou ao RS na manhã de sábado (08) está sendo distribuída nesta segunda-feira (10). Representantes das 18 coordenadorias regionais de saúde (CRSs) e de municípios próximos à capital estão podendo retirar os lotes desde as 9h, na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre.

A remessa total, com 63.600 doses para o RS, será destinada à aplicação da segunda dose (D2) em pessoas que já estão com o prazo de aplicação vencido. O avião ATR-72 com a caixas térmicas contendo Coronavac pousou na capital pouco depois das 6h, vindo do aeroporto de Guarulhos (SP).

Continua após as publicidades...

Receba notícias do site Portela Online pelo Whatsapp - clique aqui para entrar no grupo. Não tem mais vaga? Envie uma mensagem para (55) 99631-9327. Continua o texto...

De acordo com informações do governo estadual, o município de Tenente Portela receberá 110 doses de Coronavac, Três Passos, 210 doses. Crissiumal, 90 doses. Tiradentes do Sul, 60 doses. Coronel Bicaco e São Martinho, 40 doses. Campo Novo, Esperança do Sul e Humaitá, 30 doses. Bom Progresso e Sede Nova, 20 doses.

Oxford/Astrazeneca

As 243.400 doses de vacinas Oxford/Astrazeneca que chegaram ao RS na quinta-feira (06) foram reservadas, por determinação do Ministério da Saúde, para a segunda dose em pessoas que receberam a primeira aplicação das remessas de 25 de fevereiro e 22 e 26 de março. A segunda dose para esses grupos está prevista para ser aplicada a partir dos dias 21 de maio e 14 e 18 de junho.

“Quando chegar próximo ao vencimento da segunda dose, distribuiremos os quantitativos aos municípios para que possam atender 100% das D2 dessas três remessas”, explica Tani Ranieri, chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs).

Pfizer

E nesta segunda-feira (10), há previsão de chegada de um lote de 69.030 doses da vacina da Pfizer. Os imunizantes serão utilizados, novamente, apenas em Porto Alegre. A remessa fica na capital por questões de logística e armazenamento, uma vez que devem ser conservadas congeladas em superfreezers que alcançam a temperatura de -80ºC. Ao chegarem, serão distribuídas aos postos de saúde para aplicação imediata de 35.837 doses. As 33.193 doses restantes deverão ser mantidas em superfreezers emprestados pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e pela Pontifícia Universidade Católica (PUCRS), até a próxima distribuição.

Ascom SES-RS

Deixe um comentário