Padrasto é investigado por agressão de adolescente em aula online no norte do RS

Adolescente foi encaminhado pelo Conselho Tutelar para atendimento psicológico em Erechim — Foto: Reprodução

As imagens de um adolescente de 13 anos sendo agredido pelo padrasto durante uma aula online de uma escola privada de Erechim, no norte do Estado, provocaram uma investigação da Polícia Civil e do Ministério Público (MP).

A violência foi transmitida ao vivo no último dia 12. No dia seguinte, a escola denunciou o caso ao Conselho Tutelar por e-mail e avisou a mãe do adolescente. Ela foi orientada a registrar ocorrência.

Continua após a publicidade...
Continua o texto...

Nas imagens, o homem aparece discutindo com o adolescente e puxando-o da frente do computador. Em seguida, o menino volta a sentar, sendo possível ver o homem puxando o cabelo dele.

O adolescente foi encaminhado à rede de proteção de Erechim, onde receberá acompanhamento. De acordo com o Conselho, a mãe informou que o homem já não mora mais na mesma residência.

O Conselho Tutelar pediu que o MP encaminhe solicitação para remover o vídeo das redes sociais. Também se solicitou que a escola oriente os demais alunos a não espalharem as imagens.

A mãe registrou ocorrência pela internet no dia seguinte, e a Polícia Civil abriu inquérito. Segundo a delegada Raquel Kolberg, o caso é sigiloso, por envolver um menor de idade. Os nomes das pessoas envolvidas não serão divulgados.

Fonte: GauchaZH

Post Author: Portela Online