Falas da Terra, o especial que encanta e emociona – Entrelinhas


Impactante é o adjetivo apropriado para o especial “Falas da Terra”, exibido pela emissora de televisão Globo, nesta última segunda-feira, 19 de abril, a data reservada à comemoração do Dia do Índio.

Uma produção de extrema competência, por cineastas indígenas, trouxe de forma ímpar a realidade dessas pessoas para dentro dos nossos lares, provocando-nos a refletir e repensar a verdade de um povo que é segmento da nossa população, num Brasil caldeirão de etnias.

Continua após a publicidade...
Continua o texto...

Na verdade verdadeira, o primeiro povo desta terra cobiçada por tantos. E essa cobiça sem fim ainda hoje segue com seu rastro de destruição do maior de todos os patrimônios: a natureza, o meio ambiente e também do seu maior defensor, o indígena.

Na filmagem em questão, o contraste do belo, da cultura ímpar e das conquistas batalhadas por seus representantes, na Medicina, no Direito, nas Mídias Digitais, na Arte e Educação, ou seja, em diversas e reconhecidas áreas de atuação, e as feridas ainda não cicatrizadas da história roubada desse povo, bem como as expressões de força e determinação pra seguir lutando, gritando e provando o quanto merecem respeito, dignidade e coerência na concessão de direitos que pleiteiam.

Felizes foram os idealizadores do “Falas da Terra”, plantando mais sementes no terreno da esperança indígena.

E o povo gaúcho deve estar orgulhoso de seus dois representantes do Rio Grande do Sul, a advogada Fernanda kaigang (que já residiu inclusive em Tenente Portela) e o doutor em Educação Bruno Ferreira Kaigang (oriundo da Reserva do Guarita), os quais foram brilhantes em suas falas e defendem cotidianamente a questão dos povos indígenas com uma dedicação admirável.

O especial “Falas da Terra”, exibido na TV Globo, traz a participação de 21 indígenas de diferentes regiões do Brasil, numa superprodução que conta através das câmeras verdades da história dos povos indígenas em nosso país e sobre suas lutas cotidianas por direitos, por justiça e pelo seu espaço como povo brasileiro.

Por Marlene Staub – Portela Online

Doutor em Educação Bruno Ferreira Kaingang – Reprodução TV Globo

 

A advogada Fernanda kaingang / Foto: Reprodução TV Globo

Post Author: Portela Online