Leite alerta para “avanço expressivo” das internações pela Covid-19 no RS

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, alertou a população gaúcha para manter os cuidados e medidas de prevenção ao Covid-19. De acordo com o chefe do Executivo, o Estado vem observando um avanço expressivo das internações pela doença em leitos clínicos e de UTI. Nesta quarta-feira, a taxa de ocupação da rede hospitalar está em 79,8% – há uma semana, a ocupação era de 74% – com 2.133 pacientes em estado grave. Do total, 1.153 (54,1%) são de casos confirmados para o coronavírus ou com diagnóstico suspeito.

“Nos últimos dez dias, nosso Comitê vem observando uma crescimento expressivo de internações em leitos clínicos e de UTI. Por isso, pedimos para a população seguir com os cuidados”, afirmou, em vídeo ao lado da secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann.

Continua após a publicidade...

Arita confirmou ainda mudança no custeio dos leitos exclusivos para atendimento de pacientes Covid-19, que atualmente totalizam 1.005. “Havia indefinição se eles seriam prorrogados, os já existentes, e se os novos seriam habilitados. O ministro (da Saúde, Eduardo Pazuello) explicou que haverá mudança no custeio e na forma de pagamento. Embora o valor continue em R$ 1,6 mil a diária, será pós-pago na medida que os hospitais tenham ocupação, que é sempre regulada pela nossa central de leitos do estado”, explicou.

Conforme Arita, a mudança – que deve ocorrer a partir de março – representa uma novidade: “Anteriormente o Ministério fazia pré-pago, ou seja, por 90 dias, que foi a forma como ocorreu em 2020 quando os leitos eram habilitados. Agora muda”, completou. O governador também destacou a modificação no custeio dos leitos e alertou a população sobre o crescimento das internações no RS: “É uma mudança na forma de pagamento, não é mais pré-pago, mas pós-pago, mas garantidos os leitos a serem remunerados pelo Ministério da Saúde, que é bastante importante no momento que a gente observa aumento das internações aqui no Estado”, afirmou Leite.

Governador apontou um avanço da doença na rede hospitalar nos últimos dez dias | Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini / Divulgação

 

Fonte: Correio do Povo

Post Author: Portela Online