Município vai propor regularização da profissão de motoboy em FW


Com o aumento da procuro por tele entrega em todos os setores do comércio, aumentou o número de motoboys pelas ruas de Frederico Westphalen, pensando em regulamentar e profissionalizar, ainda mais esses profissionais a administração municipal em parceria com a Secretaria de Industria e Comércio, Brigada Militar e Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (Consepro), estão elaborando um projeto a ser encaminhado para o legislativo, de regularização e promoção de políticas públicas pela segurança dos motoboys e entregadores.

De acordo com o vice-prefeito, João Francisco Vendruscolo, a ideia é primeiramente realizar essa formação em direção defensiva e demais cursos, inclusive, com certificação e na sequência até fornecer equipamentos de proteção (EPIs). “A tem essa preocupação com os entregadores e motoboys, vimos alguns acidentes e sentimos a necessidade de regularizar essa profissão. O projeto prevê uma política pública de direção defensiva e o município vai oferecer luvas, botas, capas de chuva e se tivermos segurança jurídica, alguns capacetes”, salientou.

Continua após as publicidades...
Continua o texto...

O projeto será formatado em parceria com as empresas que hoje se utilizam do serviço dos motoboys para a entrega de seus produtos.

Vendruscolo destaca ainda que a medida visa, também, mais segurança à comunidade que receberá um profissional devidamente identificado e no trânsito onde será possível distinguir quem são esses profissionais. “Quando se fala em segurança a gente deve procurar os órgãos competentes e a Brigada Militar já aderiu essa ideia, porque vai trazer mais segurança par ao trânsito e, como objetivo secundário, identifica-los para que no transito a gente tenha mais cuidado quando avista-los e para quando ele chegue em nossas casas a gente saiba que são de fato profissionais que estão trazendo os nossos pedidos”, disse.

O projeto ainda está sendo formatado pelo executivo e os parceiros e tão logo seja finalizado será apresentado à comunidade.

 

Grupo Chiru

Post Author: Portela Online