Polícia Civil realiza operação Mirabal de combate a violência contra a mulher

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Integrantes da 14ª Delegacia de Polícia Regional do Interior (14º DRPI) deflagraram nesta quinta-feira, 3 de dezembro, uma operação conjunta visando apurar casos de violência contra mulheres. Em alusão aos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres, a operação foi intitulada como “Mirabal” e foi coordenada pela Divisão de Proteção e Atendimento à Mulher (DIPAM).

Até o momento, foram cumpridos 72 mandados de busca e apreensão e 19 de prisão preventiva, todos relacionados à crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher. Ainda, foram verificadas 58 denúncias oriundas do Disque 180 e 43 possíveis irregularidades no descumprimento de medidas protetivas.

Continua após a publicidade...

Em todo o Estado, foram mobilizados 180 policiais Civis e 65 viaturas, em comarcas que possuem Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher e outros municípios do interior.

 

Resultados na região

Em Seberi, após cumprimento de dois mandados de busca e apreensão no interior do município, foi localizada uma espingarda calibre 32, com numeração raspada e dois cartuchos do mesmo calibre. Conforme a Polícia Civil, o homem foi autuado em flagrante pelo delito de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e conduzido ao Presídio Estadual de Frederico Westphalen. Nesta ação, participaram policiais civis de Seberi, Erval Seco e Rodeio Bonito.

Em Frederico Westphalen e Vicente Dutra foram cumpridos mandados de busca e apreensão, enquanto nas delegacias de polícia, Pinhal, Jaboticaba, Alpestre, Ametista do Sul e Planalto providenciariam a remessa de procedimentos relacionados a violência doméstica. Em Panambi ocorreu Fiscalização do Cumprimento de Medidas Protetivas de Urgência em 4 locais.

 

Fonte: Folha do Noroeste