7,6 milhões de pessoas trabalhavam de forma remota em outubro, diz IBGE

Região Norte tinha o menor porcentual de pessoas ocupadas trabalhando remotamente | Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Em outubro, 7,6 milhões de pessoas trabalhavam em home office, ante 8,1 milhões de pessoas em setembro, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Covid (Pnad Covid-19) mensal, iniciada em maio pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em apenas um mês, 477 mil pessoas deixaram de trabalhar remotamente. A região Norte tinha o menor porcentual de pessoas ocupadas trabalhando remotamente (4,1%) e o Sudeste, o maior (12,4%).

Continua após as publicidades...
Continua o texto...

O porcentual de mulheres que estão em trabalho remoto foi de 13,4%, contra uma fatia de 6,9% entre os homens. Entre as pessoas que não tinham completado o ensino fundamental, apenas 0,4% trabalhavam remotamente, enquanto que essa fatia entre os trabalhadores com nível superior completo ou pós-graduação era de 30,0%.

Dos 84,1 milhões de ocupados em outubro, 4,7 milhões estavam afastados do trabalho, sendo 2,3 milhões deles por causa do distanciamento social.

Em outubro, 94,4% da população ocupada não estavam afastados do trabalho que tinham, contra uma fatia de 93,5% em setembro.

Entre os afastados, cerca de 900 mil pessoas estavam sem a remuneração do trabalho, o equivalente a 19,2% do total de pessoas ainda afastadas do trabalho que tinham. Em setembro, esse porcentual era de 19,8%.

Post Author: Portela Online