Dentro do Jogo: Foi-se o juízo e a sorte x Enfim a decolagem

Se a liderança ainda estava com Internacional era por mais sorte e ainda aquela boa “ajudinha” dos seus oponentes diretos pelo título do que o juízo próprio.

Não se pode depender somente da sorte, tem que contar com os dois, a sorte e juízo. O juízo já havia abandonado o colorado e nesta rodada foi à vez da sorte.

Continua após a publicidade...

Mais um jogo que o Inter em geral tem uma atuação abaixo do esperado e do que a equipe pode apresentar. Desta vez a derrota para o Santos custou a liderança do campeonato.

Os acontecimentos extra campo e as lesões vem afetando o grupo. Abel terá primeiro de tudo tratar o psicológico do elenco, resgatar a confiança em geral e algumas individuais. Para assim o Inter voltar a ser o Inter que estava liderando e surpreendendo no brasileirão por méritos próprios.

Já pelos lados do Grêmio a preocupação do primeiro turno virou alívio. A tão esperada decolagem prometida pelo técnico Renato finalmente ocorreu. Agora sim podemos dizer que o Grêmio decolou.

A sequência de resultados positivos e de atuações satisfatórias que estava faltando finalmente aconteceu.

Isto está ligado com a recuperação de alguns jogadores, principalmente a de Jean Pyerre que deixa o meio de campo com mais qualidade e com jogadas ofensivas.

Diante do Ceará do início ao fim da partida o tricolor conseguiu ser superior, não deixou o adversário jogar. Superioridade nos números e no placar, e ainda com goleada.

Com a vitória o tricolor fica mais próximo do G6 e se candidata para brigar pela parte de cima da tabela.

Por Marieli Pessotto – Colunista Dentro do Jogo

Foto: Lucas Uebel / Assessoria Grêmio

 

Foto: Ricardo Duarte / Assessoria Internacional

Post Author: Marieli Pessotto