Polícia prende quinto suspeito de participar da morte de idosa em Passo Fundo

Elsa Dipp dos Santos foi assassinada em casa, em agosto deste ano — Foto: Reprodução/RBS TV

Mais um suspeito de participar da morte de uma idosa em Passo Fundo foi preso nesta sexta-feira (9), na Vila Cruzeiro, na cidade do Norte do estado. Ele é o sétimo envolvido no caso. Elsa Dipp dos Santos foi morta em agosto, em sua casa.

O homem, cuja identidade não foi revelada pela polícia, participou do assalto à residência, que acabou com o assassinato da professora aposentada, junto com um segundo suspeito. Segundo a polícia, após matarem Elsa e roubarem bens pessoais, eles saíram com o carro dela, que foi interceptado por uma terceira pessoa. Dois deles já estavam presos.

Continua após a publicidade...

A investigação chegou à conclusão de que o crime foi premeditado pela cuidadora da idosa, presa na segunda-feira (9) junto com o marido, e outros membros da família, que vinha realizando furtos na residência da idosa.

“Começaram a dilapidar o patrimônio dela e quando a vítima se deu conta, tomaram a medida mais drástica”, afirma o delegado.

No total, a polícia indiciará sete pessoas pelo caso: a cuidadora e o marido, os três participantes do dia do crime e outras duas pessoas, que ajudaram nos furtos, e que não terão mandado de prisão solicitado, devido aos crimes serem de menor potencial ofensivo.

Relembre o crime

Elsa Dipp dos Santos foi encontrada morta em casa, no bairro Vera Cruz, em Passo Fundo, na manhã de 13 de agosto desse ano. Natural de Soledade, por 40 anos trabalhou como professora na rede estadual de educação. Ela deixou dois filhos e dois netos.

Segundo as investigações, ela vivia sozinha, e precisava de ajuda para as tarefas de casa. A cuidadora era uma conhecida, que se ofereceu para trabalhar com ela.

A idosa foi asfixiada com um travesseiro, e os dois suspeitos fugiram com o carro da vítima, um Renault Clio, objetos pessoais e eletrodomésticos da residência.

Post Author: Portela Online