Dentro do Jogo – Libertadores com seus dramas, sufocos e armadilhas

Depois de 6 meses de paralisação a competição está de volta e mostra que não vai ser moleza

Libertadores não é uma Libertadores se não tem drama, armadilha e sufoco. Internacional e Grêmio provaram disso nesta noite.

O Internacional viveu um drama e passou um sufoco para conseguir vencer o América de Cali, no Beira-Rio. A partida se encaminhava para ser fácil e tranquila, mas a equipe resolveu complicar.

Depois de estar em vantagem no placar os colorados caíram de produção e viram o adversário empatar. E quando tudo parecia estar perdido, no apagar das luzes novamente, o time de Coudet consegue a vitória.

Já o Grêmio provou das armadilhas chilenas, o tricolor não consegue jogar, é envolvido pela Universidad Católica durante toda a partida e sai derrotado do Chile.

A equipe comandada por Renato Gaúcho mostrou muita fragilidade, não conseguiu produzir e ainda pode ter mais desfalques para a próxima partida da competição, justamente um Gre-Nal, Geromel saiu sentindo uma lesão.

O que mais preocupou colorados e gremistas nestes confrontos foram suas defesas, os gols sofridos se originaram de falhas defensivas. Os técnicos terão que bater cabeça para tentar corrigir esses erros.

Foi uma volta com drama, sufoco e armadilha e agora é só Gre-Nal na Libertadores, espero que Inter e Grêmio apresentem bom futebol e que o jogo fique marcado apenas por lances bonitos.

Por: Marieli Pessotto – Colunista Dentro do Jogo

Foto: Lucas Uebel / Assessoria Grêmio
Foto: Ricardo Duarte / Assessoria Internacional

Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: