Cinco criminosos foram presos após assalto a banco em Novo Barreiro

Foto: Divulgação BM

Na manhã desta terça-feira, 4 de agosto, mais três criminosos envolvidos no roubo a banco em Novo Barreiro foram presos pela Brigada Militar. Após cerco formado no local, os indivíduos foram localizados e com eles estavam mais de R$114.000,00 (cento e quatorze mil reais), pistola com kit roni (que faz com que a arma se transforme em uma submetralhadora), 02 revólveres calibre 38, vasta quantidade de munição e mais dois coletes balísticos. Integrantes do BOPE ainda fazem incursão na mata para localização de mais armas.

Na tarde de ontem, logo após o roubo, foram presos dois indivíduos, apreendidos três veículos, 3 pistolas calibre 380, 3 carregadores 380, 142 munições calibre 380, 22 munições calibre 12, 01 rádio transmissor na freqüência da BM, 2 coletes balísticos, dinheiro, 7 aparelhos de celular e 01 cartucheira.

As prisões e apreensões foram feitas pela Brigada Militar através das guarnições do 39ºBPM, 38ºBPM, 37ºBPM, BAvBM – Batalhão de Aviação, BOPE, Agência Regional e Local de Inteligência e agentes da Polícia Civil de Palmeira das Missões, que ficaram desde a hora da ocorrência até o presente momento em cerco na localidade, ação que possibilitou a prisão de todos os indivíduos envolvidos. Dos cinco assaltantes, três estavam na condição de “prisão domiciliar” e dois estavam aguardando para a colocação de tornozeleira, todos da região metropolitana.

O pronto emprego do BOPE e BAvBM, deve-se a Operação Angico, que tem como objetivo antecipar as ações delituosas no estado, através do levantamento de dados e informações pelas agências regionais e locais de inteligência. No momento do roubo, já era de conhecimento da BM a possibilidade de ação delituosa na região e os Batalhões citados já encontravam-se próximos, diminuindo o tempo de resposta.

Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: