Prefeito de Tenente Portela diz que modelo de distanciamento penaliza município

Reprodução

Analisados os 59 pedidos de reconsideração de municípios e associações regionais, o mapa definitivo da 11ª rodada do Distanciamento Controlado ficou com oito regiões em bandeira vermelha (alto risco epidemiológico) e as 12 restantes com laranja (risco médio). As bandeiras são vigentes a partir da 0h desta terça (21/7) até as 23h59 da próxima segunda-feira (27/7).

Esta é a terceira vez que a macro região de Palmeira das Missões terá que cumprir os protocolos da bandeira vermelha. A segunda vez consecutiva que Tenente Portela terá que seguir as regras determinadas pelo estado no modelo de distanciamento controlado que principalmente torna mais restritivo o acesso de clientes aos estabelecimentos comerciais.

Continua após as publicidades...

Receba notícias do site Portela Online pelo Whatsapp - clique aqui para entrar no grupo. Não tem mais vaga? Envie uma mensagem para (55) 99631-9327.

Continua a notícia...

O site Portela Online entrevistou o prefeito de Tenente Portela, Clairton Carboni, que discorda do Governo do Estado e vê o município penalizado pela região e não necessariamente por suas ações e resultados apresentados, como por exemplo, o baixo número de pessoas internadas por corona-vírus e a ausência de óbito pela doença. Veja o vídeo abaixo contendo entrevista com o prefeito  e com a secretária de saúde Michele Vargas.

No mapa preliminar, o Estado estava com 18 regiões em bandeira vermelha. O governo decidiu acatar o pedido de reconsideração de Cachoeira do Sul, Cruz Alta, Erechim, Lajeado, Ijuí, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, Santo Ângelo e Uruguaiana. Conforme o governador, essas zonas tiveram melhoria ou estabilidade em indicadores importantes, compor isso, foram mantidas com risco em nível médio.

Veja entrevista com o prefeito de Tenente Portela, Clairton Carboni, e com a secretaria de saúde, Michele Vargas.

Deixe um comentário