A Vitória que Permanece – Rabiscos do Silêncio

Jesus veio a este mundo para nos acolher e purificar a realidade humana, assumindo totalmente a nossa própria salvação. Ele que purifica e santifica a existência da vontade de Deus em nós e isso é valido como parte da fé, naquilo que ensinou e praticou na síntese da sua morte e ressureição.

A vontade de Deus foi trazer Jesus Cristo para junto da nossa vida, a fim de que ele seja o mediador da salvação de todos nós. Não veio impor ou obrigar algo venha a interferir na liberdade humana, mas nos libertar de tudo o que interfere na edificação da nossa alma. E a alma não pode ser obscurecida com atos que produzem abandono das coisas de Deus.

Nossa vida tem diante da cruz uma dimensão de vitória, pois o amor que Cristo tem pela humanidade permanece presente, não morre com a derrota física. O corpo passa pela provisoriedade do tempo que temos aqui neste mundo e todas as pessoas que souberem viver o amor no compromisso com a verdade são vitoriosas, sabem construir sem resignação a edificação de tudo o que traz felicidade interna.

E todos nós somos justificados pelo sentido que damos a nossa existência. Não pelo sentimentalismo exagerado nas coisas deste mundo, que trazem violência, infidelidade e dor. São muitas mortes, desrespeito e mentiras que se propagam com o intuito de fazer prevalecer à individualidade, exploração e a discórdia entre as famílias e a sociedade. Isto não corrobora em nada com a cruz, mas eleva o número da crucificação de muitos irmãos que clamam por paz em seus corações.

É preciso saber valorizar este grande amor que Deus tem pela humanidade. Saindo do nosso egocentrismo e procurando ver na cruz de Cristo o vazio existencial de tantas pessoas perdidas com a ilusão deste mundo. São muitas exclusões que se criam com as pessoas tristes, doentes ou que estejam passando por problemas de relacionamento. E existem muitas pessoas vivendo nesta situação. Somente quem possui muito amor em seu coração é capaz de ver, sentir e presenciar o peso que tem a cruz dessas pessoas. E graças ao bom Deus elas nunca desistem, porque possuem uma fé viva em Cristo.

Todos nós poderemos salvar-nos, porém não existe outro caminho que não seja de Jesus Cristo.

E com a presença de Jesus Cristo em nossa vida, é preciso que valorizemos a dimensão de Deus com seu amor, fazendo bom uso da nossa liberdade.  Manifestando compromissos com a verdade, perdão e amor. Não é possível acomodar-nos com a injustiça, exploração ou maldade, justificando a clareza dessa luz em todos os sentidos, tendo responsabilidade nos atos que aumentem a propagação da nossa fé, pois o resumo e o segredo da nossa vida estão na morte, se até ali vivermos e aceitarmos o sofrimento da nossa existência sem resignação, amando-nos mutuamente, criando amizades com Deus, tendo respeito pelo meio ambiente, as pessoas e tudo o que dá sentido para sociedade.

Provaremos de maneira definitiva a vitória de Cristo junto da nossa alma. E as outras coisas que deixaremos a este mundo tornam-se relativas.

Saibamos viver a vitória de Jesus Cristo, como algo permanente, valorizando nosso corpo com ações que favoreçam a vontade de Deus em nós, nutrindo a alma com a dimensão da sabedoria infinita, procurando as verdades nos esclarecimentos da nossa existência no conselheiro espiritual: o Espírito Santo. Não se deve duvidar da nossa própria salvação, em Cristo, pois isso obscurece a consciência e faz provar de uma profunda solidão sem experiência do amor de Deus.

Portanto, nosso coração precisa sentir esse fogo do amor que queima e aquece as pessoas necessitadas nas diversas situações da vida, levando esperança com a chama da verdade  acesa para iluminar e esclarecer a presença de Jesus Cristo vivo e ressuscitado que está no meio de nós. E se as trevas do preconceito, da insegurança e da exclusão quiserem conduzir-nos para o lado do mal, saibamos buscar na oração, meditação e recolhimento forças para seguimos com segurança nossa caminhada terrena, tendo o caminho, a verdade e a vida como resolução dos nossos sentimentos.

Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: