Anúncios

Empresários e funcionários são presos pela PF por fraudarem o seguro desemprego em Santa Maria

Os funcionários eram formalmente demitidos para receber o benefício, mas eram recontratados sem registro

Foto: Divulgação PF

A Polícia Federal, em operação conjunta com a Gerência Regional do Trabalho e Emprego, prendeu em flagrante, nesta terça-feira, 26 de março, dois empresários e cinco funcionários por fraudarem o seguro-desemprego. A ação foi realizada em empresas de Arroio do Só, distrito de Santa Maria.

A fraude consistia na demissão formal dos funcionários por parte das empresas e a recontratação dos mesmos sem o devido registro. Assim, os empregados seguiam trabalhando e recebendo o benefício de seguro-desemprego.

Os dois empresários e os cinco empregados serão recolhidos à Penitenciária Estadual de Santa Maria, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal.

O crime de estelionato tem pena de até cinco anos de reclusão, com aumento de 1/3 por ser contra a administração pública, uma vez que os recursos do seguro-desemprego são oriundos do Governo Federal.

Quer ser o primeiro a saber das notícias do Portela Online? Acesse https://chat.whatsapp.com/CGLVa7DC0bT6Q0oVJRiyGm para receber notícias pelo Whatsapp. Não tem mais vaga? Envie um Whats para (55) 99631-9327 e peça um novo link.

 

Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: