As responsabilidades nas ações – Rabiscos do Silêncio

Toda boa ação gera efeito positivo, igualmente toda ação má gera e traz resultados negativos na mente das pessoas. Quando nós nos encontramos em estado de positividade tudo corrobora para que vejamos a vida com as dimensões de estar de bem com tudo que nos rodeia. E tudo flui de maneira mais organizada e equilibrada em nosso cotidiano, conseguimos assim enviar ao cérebro das outras pessoas: amor, alegria e motivação.

Mas quando nós isolamos o potencial que existe no outro e começamos desfazer seu crescimento: moral, intelectual e econômico pela troca de experiências, a vida destes percorre caminhos de conturbações ou isolamento, pois se sentirão feridos, inseguros e rejeitados, pela forma como foram tratados na sua maneira de ser, tornando a sua vida fria e sem objetivos.

Cada um de nós tem seu potencial que é adquirido desde a concepção. Mas é preciso saber despertar esse potencial com muito amor. Não encobrir com ações contrárias a sua vontade, mas sim trabalhando a segurança para poder desenvolver a capacidade da formação nas escolhas feitas, com a ajuda da liberdade. Isso garante o caminho da felicidade que exige dedicação e respostas concretas para poder chegar até onde a intenção estiver programada.

As pessoas estão colocadas neste mundo para receberem ações favoráveis de envolvimento com tudo que gera convivência social. Não para viverem sem motivos ou conturbadas por tudo o que é jogado nas suas mentes e que agridem a sua manifestação de equilíbrio na aceitação pelo que traz a vida, na partilha das dores, alegrias ou desânimos.

Tudo o que traz vida necessita de respeito na dimensão da acolhida pela tradução do seu significado através de uma prática favorável à mudança de responsabilidades, na inovação de ideias que contemplem a segurança em todos os sentidos. Aceitando o que trouxer benefícios às outras pessoas. O exemplo da natureza que fornece vida em abundância: alimentação, respiração e vestuário… Isso é algo positivo, que se traduz em ações de responsabilidade. Mas quando as ações humanas são criadas para explorar, se desfazendo da beleza que possuem os elementos (árvores, água, solo, ar puro…) dando lugar à irresponsabilidade, estará poluído e destruído tudo que forma a nossa própria identidade.

Precisamos respeitar tudo o que pertence a Deus, com ações favoráveis de promoção humana. Tendo responsabilidades em colocar-se a serviço da sociedade. Não desfazer-se da sua presença em nossas vidas. Motivando as pessoas a se preocuparem uns com os outros para construir a integração de pensamentos e sentimentos que permitem ver a todos com positivismo e capacidade de perdão. É importante falar bem das pessoas, pois isto fortalece as relações de respeito e ajuda no crescimento da paz.

É muito saudável para a alma, quando as pessoas conseguem se permitir essa troca de experiências afetivas, através de encontros entre amigos, parentes ou vizinhos num diálogo aberto, com ações favoráveis que contribuam para que a vida ganhe mais sentido na autonomia de valores, os quais cada um traz dentro de si. Cria-se assim um  clima propício para uma maior concentração de pensamentos sadios, quebrando a desconfiança e devolvendo a esperança de dias melhores com amor e cabeças erguidas, olhando para a dimensão da vida,  sem aparências, mas sentindo a leveza da força interior, jorrando paz e bons hábitos para todas as pessoas.


Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: