Caiçara entra para lista de cidades afetadas pela chuva

Caiçara entrou, no fim da tarde desta quinta-feira, 17 de janeiro, para a lista de cidades prejudicadas pela chuva no interior do Estado. Conforme a Defesa Civil, o total de municípios afetados ficou em 18, sendo Uruguaiana, Alegrete e São Gabriel os pontos mais críticos, e dos quais já decretaram situação de emergência.

Além destas cidades, também estão na lista Bagé, Barra do Quaraí, Barracão, Dom Pedrito, Jaguari, Lavras do Sul, Manoel Viana, Pedro Osório, Quaraí, Rosário do Sul, Santana da Boa Vista, São Borja, São Gabriel, São Francisco de Assis e Caçapava do Sul.

Continua após as publicidades...

Receba notícias do site Portela Online pelo Whatsapp - clique aqui para entrar no grupo. Não tem mais vaga? Envie uma mensagem para (55) 99631-9327.

Continua a notícia...

O número de pessoas fora de casa também aumentou e ultrapassou os 8 mil – 5.119 desalojados, 1.551 desabrigados e 1.883 afetados com danos parciais.

Alegrete continua sendo a cidade com situação mais crítica, com 4.604 pessoas desalojadas e 1.328 pessoas desabrigadas (alocadas no Ginásio Osvaldo Aranha e no Parque de Exposição). Também foi montado um acampamento de emergência com 25 barracas da Defesa Civil, cada qual consegue abrigar uma família de seis pessoas.

Prejuízos na produção de arroz

A Emater/RS estima que a produção de arroz tenha um prejuízo superior a R$ 320 milhões neste ano, em razão das chuvas que afetam o Rio Grande do Sul, principalmente a Fronteira Oeste. Com o nível das águas dos rios em elevação, as plantações ficaram inundadas. São contabilizados mais de cem municípios gaúchos com lavouras atingidas. “A projeção inicial para essa safra, considerando a redução de área, projetamos em uns R$ 320 milhões em prejuízos já consolidados, mas isso pode se agravar. Na hora que os rios baixarem vamos ver o que vai acontecer com essas lavouras”, comenta Lino Souza, diretor Técnico da Emater.

Fonte: Correio do Povo

Deixe um comentário