Polícia e Bombeiros localizam corpo de metalúrgico

Foto: Arquivo familiar

A Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros encontraram por volta das 22h15 desta sexta-feira, 11 de janeiro, o corpo do metalúrgico Claudiomiro do Amaral Saldanha, 42 anos, perto de onde residia, na comunidade rural de linha Pedras Brancas.

Policiais civis identificaram o autor do crime, que admitiu tê-lo matado a tiros e deixado o cadáver em meio a uma lavoura de soja, onde executou a vítima. Como não houve flagrante, no momento o autor confesso se encontra em liberdade.

A motivação segue sendo apurada e agentes da corporação colhem depoimentos e informações a fim de solucionar e esclarecer o caso, o primeiro homicídio do ano de 2019 em Frederico Westphalen. Com base nos elementos colhidos, a Polícia Civil pedirá sua prisão preventiva ao Poder Judiciário.

O corpo foi encaminhado para perícia e agora a polícia aguarda o resultado do laudo de necropsia.

Sobre o desaparecimento

O metalúrgico morava com os pais e saiu de casa em torno das 9h de quarta-feira para visitar um primo na comunidade vizinha de linha 21 de Abril, onde almoçou e partiu depois do meio-dia. Desde então, não deu mais notícias à família. Seu celular constava como fora de área.

 

Fonte: Folha do Noroeste

Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: