Clique aqui para acessar

Caso Sandra: réu pede para não participar de audiência

0 0
Foto: Arquivo Pessoal

O juiz de Direito João Garcez de Moraes Neto, da Comarca de Palmeira das Missões, concedeu pedido de dispensa ao marido da contadora Sandra Mara Lovis Trentin, Paulo Ivan Baptista Landfeldt, para audiência de inquirição de testemunhas. A decisão é de 29 de maio.

A primeira audiência está marcada para 7 de junho, a partir das 9h40, no Fórum de Palmeira das Missões. No total, foram relacionadas 40 testemunhas de acusação e defesa.

Além de Landfeldt, responde como réu no processo que apura a morte e a ocultação do cadáver da contadora, Ismael Bonetto, que quando preso pela polícia em Santa Catarina, em fevereiro, disse tê-la matado com dois tiros e ocultado o corpo porque o marido queria o fim do casamento sem precisar partilhar o patrimônio. Bonetto ainda responde por extorsão, por ter tentado ganhar mais dinheiro de Paulo Ivan ameaçando de morte ele e seus familiares. Em segunda versão, Bonetto inocentou Landfeldt e afirmou que ouviu falar sobre o caso e procurou o então presidente da Câmara de Vereadores de Boa Vista das Missões a fim de extorqui-lo.

Sandra desapareceu em 30 de janeiro, após sair de casa, em Boa Vista das Missões, para ir à cidade vizinha de Palmeira das Missões para resolver problemas de trabalho. O Ministério Público acusa que o marido teria pago R$ 40 mil a outras pessoas não suficientemente identificadas e a Bonetto para darem fim à vida da contadora, cujo corpo não foi localizado.

Fonte: Folha do Noroeste

Notícias Relacionadas

Marido e suspeito são indiciados por desaparecimento de contadora em Boa Vista das Missões

MP denuncia marido e jovem por morte de contadora

0 0

 

Clique aqui

Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: