Polícia Civil prende funcionário público por coação em Cristal do Sul

Polícia Civil prende funcionário público por coação em Cristal do Sul

Foto: Divulgação Polícia Civil

Na manhã desta segunda-feira, 30 de abril, a Polícia Civil prendeu preventivamente um funcionário público municipal de Cristal do Sul pelo crime de coação no curso do processo, durante a segunda fase da Operação Diária.

A delegada Aline Palma, que coordena a apuração de denúncia de cobranças irregulares de serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), informou que o homem estaria ameaçando pessoas envolvidas no inquérito policial que investiga irregularidades na Secretaria de Saúde.

O SUS é totalmente gratuito à população. No entanto, em Cristal do Sul, segundo denúncias, o paciente só receberia atendimento, principalmente deslocamentos com ambulância, após pagar determinados valores, o que configura crime de concussão, cuja pena prevista no Código Penal é reclusão de dois a oito anos e multa.

Na semana passada, a Polícia Civil cumpriu três mandados de busca e apreensão, um deles na Secretaria de Saúde de Cristal do Sul. Os agentes apreenderam documentos e dois celulares, que estão sob análise.

Na última quinta-feira, 26 de abril, a delegada marcou oitiva dos investigados, que na presença do advogado, reservaram-se ao direito de se manifestarem apenas em juízo.

A Polícia Civil pede que eventuais pessoas que tenham pago por serviços do SUS procurem a delegacia mais próxima.

Prefeitura emite nota

Ainda na quinta-feira, a Prefeitura de Cristal do Sul emitiu nota em que o prefeito Cezar de Pelegrin (MDB) afirma que os fatos serão apurados em sindicância a ser aberta pelo Executivo municipal para, se necessário, responsabilizar culpados caso as irregularidades sejam provadas.

Fonte: Jornal Folha do Noroeste

SEM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: