Prejuízos de R$ 9 milhões no setor leiteiro – Decretado Situação de Emergência Econômica em Tenente Portela

Meramente ilustrativa

Prejuízos no setor leiteiro em Tenente Portela ultrapassaram os R$ 9 milhões em 2017

O prefeito em exercício de Tenente Portela, Valdir Machado Soares, decretou Situação de Emergência Econômica no Município devido a crise que assola o setor leiteiro.

Conforme um levantamento realizado pela Emater, no ano de 2017 a crise provocou uma perda financeira ao município de mais de R$ 9 milhões.

Para decretar Situação de Emergência Econômica em Tenente Portela o prefeito em exercício considerou o levantamento da Emater, também que a atividade leiteira é parte importante da base econômica local, que a cadeia de leite é responsável pela subsistência de grande parte da comunidade, que pode provocar um desemprego no setor bem como reduzir significativamente os ganhos da comunidade, gerando problemas financeiros para a população dependente da atividade, que a crise pode provocar uma redução da atividade econômica, atingindo a própria receita do município com reflexos presente e futuros.

Será criado um gabinete de crise que reunirá representantes do Poder Executivo, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e representantes do setor leiteiro para formular propostas e alternativas para superar as dificuldades.

Com o decreto o município fica autorizado a adotar medidas excepcionais necessárias ao fomento de atividades de natureza fiscal, econômicas e de incentivo ao setor, para minimizar os efeitos da crise.

 

SEM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta