Clique aqui para acessar

Suspeitos de matarem trilheiros são presos em Carazinho

 

Foto: Divulgação Polícia Civil

Na manhã desta segunda-feira, 15 de janeiro, a Polícia Civil em ação conjunta com a Brigada Militar, cumpriu dez mandados de busca e apreensão e prendeu temporariamente dois suspeitos de latrocínio ocorrido no último dia 13, em Carazinho.

Na ocasião, dois jovens da cidade de Não-Me-Toque foram vítimas de disparos de arma de fogo enquanto estavam fazendo trilha de motocicleta no interior do município. As prisões foram realizadas no bairro São Lucas.

Durante as diligências, um terceiro indivíduo foi preso em flarante por posse irregular de arma de fogo de uso restrito. Foram apreendidas uma garrucha calibre 28, um fuzil calibre 7.62 e o revólver utilizado no crime, bem como recuperada a motocicleta subtraída de uma vítima que sobreviveu ao fato.

Segundo a Delegada Heládia Cazarotto e o Capitão Juliano Moura, o resultado exitoso das ações foi decorrente da resposta imediata dos órgãos se segurança pública e do trabalho integrado de inteligência e operacionalidade da Polícia Civil e da Brigada Militar.

Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: