Clique aqui para acessar

Radares em rodovias federais do RS estão desligados

 

Os 105 radares instalados em rodovias federais do Rio Grande do Sul estão desligados desde o início do mês. Os contratos terminaram e ainda não foram renovados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Mesmo com os equipamentos desligados, os motoristas reduzem um pouco a velocidade, já que, ao contrário de outros estados, os equipamentos no Rio Grande do Sul não foram cobertos. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informa ter intensificado a fiscalização com os radares móveis no estado.

“Ainda vamos redobrar os esforços para otimizar os equipamentos que possuímos, no sentido de, dentro das nossas possibilidades, fiscalizarmos ainda mais os condutores que eventualmente excederem a velocidade”, diz o superintendente regional da PRF, João Francisco Oliveira.

Apenas entre sexta (15) e domingo (17), foram aplicadas 1,7 mil multas por excesso de velocidade. Um motorista chegou a ser flagrado á 214 km por hora na BR-290 (freeway). A PRF ressalta que o desligamento dos radares ocorre apenas nas rodovias federais, e alerta que as lombadas eletrônicas seguem funcionando normalmente.

O DNIT informou que suspendeu o funcionamento desses radares porque a licitação para contratar novas empresas está sendo questionada na Justiça. Os radares só devem voltar a funcionar depois que novas licitações forem feitas para escolher as empresas que vão operar os equipamentos.

Fonte: G1-RS

Fechar
%d blogueiros gostam disto: