Clique aqui para acessar

Dias de temporais para a Região Sul alerta meteorologia

 

Os temporais voltam a trazer problemas para a população os estados da Região Sul nos próximos dias. Entre os dias 18 e 20 de outubro, a passagem de uma frente fria pela Sul do Brasil e acentuada queda da pressão atmosférica sobre o Paraguai e o norte da Argentina vão gerar grandes e fortes áreas de instabilidade que vão espalhar os temporais por todo o Sul do Brasil.

Esta combinação de frente fria e de pressão do ar muito baixa sobre o Paraguai e o norte da Argentina já ocorreu diversas vezes e é sempre motivo de preocupação e de alerta meteorológico. Grandes volumes de chuva voltam a ser acumulados nos próximos dias que poderão causar novos alagamentos e transbordamento de rios. A chuva deve vir com raios e eventualmente com fortes rajadas de vento, entre 70 km/h e 100 km/h. Há risco também de queda de granizo.

Para esta quarta-feira, 18, o alerta é para temporais no Rio Grande do Sul, mas o oeste de Santa Catarina e do Paraná podem ter pancadas de chuva moderadas a fortes à tarde e à noite. O alerta para fortes rajadas de vento é válido também para estas áreas.

Entre a quinta-feira, 19 e o sábado, 21 de outubro, tempestades devem ocorrer quase que de forma generalizada sobre a Região Sul, com risco de granizo e ventania.

No domingo, a chuva diminui bastante sobre o Rio Grande do Sul e sobre Santa Catarina, mas a maior parte do Paraná ainda terá chuva volumosa.

Chuva nas capitais

Há risco de chuva forte nos próximos dias para as três capitais da Região Sul, mas desta vez Porto Alegre não deve ter chuva tão volumosa como na semana passada. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, da capital gaúcha já acumulou 224,0 m de chuva em 17 dias, quase o dobro da média.

Florianópolis pode ter chuva forte entre quinta-feira, 19 e o domingo, 22 de outubro. O acumulado de outubro estava em quase 93,0 mm até a manhã do dia 17, apenas 26% abaixo da média.

Em Curitiba, o total de chuva acumulado em outubro, até a manhã do dia 17, era de 130,1 mm, praticamente atingindo a média histórica de chuva para este mês. Há risco de temporais em Curitiba entre os dias 19 e 22 de outubro.

Chuva forte sobre solo encharcado

Esta nova situação de chuva forte sobre a Região Sul é especialmente preocupante porque os três estados sofreram com tempestades na semana passada. Na maior parte do Sul do Brasil, o solo ainda tem muita água acumulada e os rios estão cheios. Dados do Instituto Nacional de Meteorologia revelam que já choveu de 100 a 200 mm em 17 dias em muitas regiões do Sul do Brasil, o que representa mais da metade da média de chuva para outubro. A trégua durou efetivamente três dias e a chuva volta com violência nos próximos dias causando mais transtornos e prejuízos para a população.

A estimativa do volume de chuva feita pelo modelo GFS Global Forecast System), dos Estados Unidos, prevê que grande parte da Região Sul poderá acumular de 100 a 200 mm chuva apenas no período de 18 a 22 de outubro.

Fonte: Climatempo

Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: