Clique aqui para acessar

Explosão de caminhão-bomba mata 237 no pior ataque da história da Somália

 

Representante das Nações Unidas na Somália, Michael Keating publicou foto no local de ataque em Mogadíscio – Foto: Reprodução / Twitter / @SRSGKeating

Ao menos 237 pessoas morreram e cerca de 300 ficaram feridas após a explosão de um caminhão-bomba em frente a um hotel no centro de Mogadíscio, capital da Somália, nesse sábado, 14 de outubro.

O brutal atentado representa o mais mortal já registrado no país. Dezenas de civis sofreram graves queimaduras e ainda correm risco de vida, de acordo com as informações são da agência Ansa .

O ataque ocorreu em frente ao hotel Safari, que fica perto de ministérios do governo da Somália e em uma rua bastante movimentada de Mogadíscio. O prédio foi amplamente destruído pela explosão. “Em nossos 10 anos de experiência em primeiros socorros em Mogadíscio, nunca tínhamos visto algo assim”, informou o serviço de ambulâncias da cidade pelas redes sociais.

O presidente do país, Mohamed Abdullahi Mohamed, declarou três dias de luto e se juntou às milhares de pessoas que responderam aos apelos desesperados dos hospitais por doações de sangue.

Segundo declarou à agência Associated Press o diretor do Hospital Medina, Mohamed Yusuf, o local está sobrecarregado de mortos e feridos. “Recebemos pessoas cujos membros foram arrancados pela bomba. É realmente horrível, nunca tínhamos visto algo assim”, acrescentou.

Fonte: Último Segundo – iG

Fechar
%d blogueiros gostam disto: