Clique aqui para acessar

Segurança do Enem será reforçada com detectores de ponto eletrônico

 

Para aumentar a segurança durante o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) deste ano, o Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira, 27 de setembro, a utilização de detectores de ponto eletrônico durante os dias de provas. Ao anunciar o novo recurso, durante o Encontro Nacional de Alinhamento Operacional do Enem 2017, em São Paulo, o ministério também ressaltou a utilização de prova personalizada com nome e número de inscrição do participante.

O novo recurso de segurança do Enem é um receptor avançado de detecção de campo próximo, capaz de detectar a emissão de sinais em radiofrequência de WiFi, Bluetooth, celulares e transmissões ilegais. O aparelho capta transmissões de radiofrequência, independentemente de serem desconhecidas, ilegais, disruptivas ou de interferência.

O recurso será usado para localizar e identificar, com precisão e sem a necessidade de busca pessoal, participante que tentarem usar pontos eletrônicos ou aparelhos de transmissão e que, eventualmente, possam ter burlado a inspeção por meio dos detectores de metal.

A adoção dessa nova tecnologia reforça a estratégia de segurança do Enem, que já utiliza detectores de metais para a fiscalização e identificação de aparelhos eletrônicos desde 2014 de forma amostral e estão presentes em todas as 13.620 coordenações de aplicação do Enem 2017.

* Com informações do Correio do Povo

Fechar
%d blogueiros gostam disto: