Veja: Homem que conduzia carroça equipada com giroflex e som é detido em Santa Maria

 

Carroça com giroflex e som / Foto: reprodução víde

Um homem, de 46 anos, foi detido após conduzir uma carroça equipada com giroflex e um aparelho de som, na noite de domingo, em Santa Maria. Há duas versões para o fato.

Segundo informações da Brigada Militar, o homem foi abordado na Rua João Machado Soares, em Camobi, por volta das 20h30min. Vizinhos teriam relatado à BM que o mesmo carroceiro andava pelas ruas causando incômodo por causa do barulho. Conforme a BM, no momento em que a guarnição tentou abordar o homem, ele teria tentado fugir e batido com a carroça em um policial, que caiu e machucou as pernas.

Após a publicação da reportagem, a esposa do carroceiro entrou em contato com o Diário e informou que o homem não teria tentado fugir, não estava com o giroflex ligado e o som não estava alto.

– Como ele estava andando a aproximadamente 30 km/h, ele foi parando devagar, porque, se parasse instantaneamente a carroça, poderia ter virado e acontecido um acidente. Ele não tentou fugir, andou um pouco mais para estacionar em frente a um lugar conhecido, porque estava com medo dos policiais.

A mulher ainda disse que o marido não teria batido com a carroça no policial. Além disso, o homem teria sido agredido pelos PM’s.

– Um dos PM’s se agarrou no para-lamas e tentou subir (na carroça). Foi quando caiu e se machucou. Ele (o carroceiro) não colocou a carroça por cima de ninguém e ainda foi agredido – relata.

Após a abordagem, na noite de domingo, o carroceiro foi detido, encaminhado a Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) para registro de ocorrência e liberado. Ele pode responder por lesão corporal, desobediência e resistência. O giroflex, o aparelho de som e a bateria automotiva foram apreendidos. De acordo com a ocorrência, a carroça e o cavalo foram entregues ao filho do carroceiro.

Conforme a esposa do homem, foi registrado um boletim de ocorrência com a versão do carroceiro, relatando as agressões.

Fonte: Diário de Santa Maria

SEM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta