Clique aqui para acessar
Justiça

Condenados motorista e empresários por tragédia com ônibus escolar que matou 17 pessoas em 2004

 

 

Fotos: Rodrigo Finardi /JBV Online/Arquivo

Após 13 anos de tramitação na justiça, saiu a primeira condenação pela tragédia com ônibus escolar ocorrida em 2004, no interior, do município de Erechim.

O motorista, que dirigia o ônibus que vitimou 17 pessoas, deverá cumprir nove anos detenção, enquanto os dois empresários, foram condenados à pena de seis anos, cada um.

Na sentença desta segunda-feira, 8 de maio , os acusados também tiveram suspensos os direitos de dirigir, sendo o motorista  pelo período de cinco anos e os dois empresários, por três anos.

As penas deverão ser cumpridas em regime semiaberto e os réus poderão apelar em liberdade.

Relembre o caso:

O ônibus escolar caiu na barragem, localizada no interior de Erechim, em setembro de 2004. Dezesseis estudantes – entre 12 e 16 anos – eram transportados. As vítimas morreram afogadas. Outras 16 pessoas conseguiram sobreviver ao acidente.

 

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: