Clique aqui para acessar

Força Nacional permanecerá no RS por mais 6 meses

 

Foto: Reprodução Palácio Piratini – Robson Alves – Brigada Militar

Em medida publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 20 de janeiro, o governo federal autorizou a prorrogação da permanência da Força Nacional no Rio Grande do Sul por mais 180 dias. Porém, o texto não especifica a quantidade de efetivo nas ruas.

O Plano de Segurança Nacional teve início oficialmente em Porto Alegre na última quarta-feira, dia 15 de fevereiro, entretanto, sem o reforço, como era esperado. A expectativa era que mais 129 policiais viajassem para a capital gaúcha. Atualmente, há 71 agentes no estado.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o novo contingente só deve chegar ao estado após as situações no Espírito Santo e no Rio de Janeiro serem resolvidas. Conforme a SSP, a situação nos dois estados demandou “uma atenção em caráter emergencial” do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O Ministério da Justiça informou, por nota, que o envio do novo contingente foi adiado “em razão dos fatos graves ocorridos no Espírito Santo e no Rio de Janeiro”, o que exigiu o envio de reforços para os dois estados.

“Apesar disso, já há, porém, equipes da Força Nacional atuando em Porto Alegre em apoio à Polícia Civil na investigação de homicídios, e para reforçar o policiamento ostensivo, em apoio à Brigada Militar. Assim que possível, serão enviadas mais equipes”, complementou o Ministério da Justiça em nota.

A Força Nacional chegou a Porto Alegre em agosto de 2016, com 120 agentes, entretanto, em janeiro deste ano o efetivo se reduziu para 71 agentes.

 

Fechar
%d blogueiros gostam disto: