Tragédias mobilizam algumas mudanças na RSC-472 em Tenente Portela – Portela Online
Clique aqui para acessar

Tragédias mobilizam algumas mudanças na RSC-472 em Tenente Portela

 

Depois de dois acidentes graves, seis pessoas mortas e uma enxurrada de comentários pedindo socorro aos usuários das estradas de nossa região, os órgãos públicos começaram a tomar providencias.

No trecho conhecido por “descida ou serra do britador”, localizado em Tenente Portela, entre os quilômetros 36 e 40 da rodovia,  foram colocados taxões no eixo da pista, a velocidade máxima reduzida para 40 quilômetros por hora e adicionadas algumas placas de sinalização indicando as curvas. Porém, uma das placas mais importantes para os motoristas de veículos pesados que trafegam no sentido a Palmitinho está assim, com a área refletiva das letras desbotadas o que a torna difícil de ler para quem trafega, mesmo durante o dia.

A Polícia Rodoviária Estadual também intensificou a fiscalização no trecho autuando os motoristas através de radar móvel.

Outubro e Dezembro do ano passado dois acidentes envolvendo carretas carregadas de trigo vitimaram seis pessoas. Ambas estavam descendo a serra quando na última curva do trecho tombaram.

Mas os condutores precisam fazer a sua parte e não serem imprudentes como esta carreta que ultrapassa em faixa continua e este trator que transita sem um batedor.

Notícias Relacionadas

Morre terceira vítima de acidente com carreta na RSC-472 em Tenente Portela

Carreta tomba em curva da RSC-472 em Tenente Portela

Acidente mata três pessoas da mesma família na RSC-472 em Tenente Portela

 

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: