Marina Silva lidera corrida presidencial no segundo turno, aponta Datafolha

 

Foto: Elza Fiuza - Agência Brasil
Foto: Elza Fiuza – Agência Brasil

Salva das enxurradas das últimas denúncias no âmbito da operação Lava Jato, a ex-senadora Marina Silva (Rede) aparece como líder de segundo turno da eleição presidencial de 2018. Os dados são da pesquisa de intenção de voto do Datafolha, divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo nesta segunda-feira, 12 de dezembro.

Com uma diferença de nove pontos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), apontado como líder no primeiro turno, perderia para Marina na segunda etapa. Já contra adversários do PSDB, o petista teria vantagem sobre nomes conhecidos da cena tucana: o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), o ministro das relações exteriores José Serra (PSDB) ou o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Em duas simulações de primeiro turno, nas quais dos candidatos do PSDB seriam Alckmin ou Serra, Marina obteria com folga o segundo posto. Caso o candidato fosse Aécio, a senadora teria 15% das intenções de voto contra 11% do congressista mineiro, situação que configura empate técnico.

Exaltado como herói nos protestos contra corrupção, o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato em Curitiba (PR), chegaria a 11% das intenções de voto e empataria na segunda-posição com Marina caso se candidatasse.

Marina Silva nunca disputou segundo turno, tendo se candidatado duas vezes, em 2010 e em 2014, e ficado na terceira colocação em ambas as situações.

A ex- senadora foi mencionada sobre investigação de corrupção na Petrobras em junho. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, Marina teve seu nome confirmado na delação do ex-presidente da empreiteira OAS, José Aldemário Pinheiro Filho. Pinheiro afirmou que representantes de Marina pediram a ele contribuição para o caixa dois da campanha presidencial de 2010 porque ela não queria aparecer associada a empreiteiras.

Marina nega o recebimento de recursos ilícitos. Mesmo que citada, a ex-senadora é a que mais sai ilesa das investigações que abalam o cenário político do país. Desde aquele mês, seu nome não foi citado em qualquer outra apuração.

Temer rejeitado

De acordo com a pesquisa, o presidente Michel Temer ganha a primeira colocação no quesito rejeição nas próximas eleições. O percentual de entrevistas que não votaria no peemedebista em nenhum cenário passou de 29% para 45%.

O presidente estaria em empate técnico com Lula, cuja taxa de rejeição é de 44%. A terceira colocação é de Aécio Neves, com 30%.

Fonte: Correio do Povo

 

Artigos relacionados

2 pensamentos “Marina Silva lidera corrida presidencial no segundo turno, aponta Datafolha”

  1. E quem é ignorante de acreditar q essa senhora tem esse percentual quem ? va no you tube e procure por videos do povo recebendo ela e videos do povo recebendo o deputado Jair messias bolsonaro e veja a realidade veja a verdade . por favor pesquisem antes de votar no candidato………….

    2018 é sem duvidas JAIR MESSIAS BOLSONARO PRA PRESIDENTE …………..chega de comunismo nesse pais ta na hora da revolução…………….

  2. pedro alves concordo com o que tu disse . para mim essa pequisa foi encomendada por essa pessoa assim como as outras pesquisas serão …e pelo que vi o deputado mencionado é no seu comentário é um forte candidato, pesquisei sobre ele e pelo que vi ele esta bem do outro lado da sujeira e corrupção desse pais ele ta limpo e isso já é motivo pra ele ter minha atenção. e concordo com oque você disse tem que pesquisar sobre os candidatos saber quem é na verdade………………………

Fechar
%d blogueiros gostam disto: