Destaque

Professores estaduais decidem entrar em greve no RS

 

Em assembleia geral realizada em Porto Alegre na tarde dessa quinta-feira, 8 de dezembro, professores estaduais decidiram entrar em greve a partir da próxima terça-feira, dia 13 de dezembro, mostrando contrariedade ao pacote de medidas contra a crise financeira anunciado recentemente pelo governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori.

Segundo o Cpers, sindicado da categoria, a mobilização deverá durar até a votação dos projetos na Assembleia Legislativa. A greve já havia sido aprovada pelo conselho do sindicato, que ontem levou o tema para votação.

Pacote de medidas

Encaminhado pelo governo, o plano já está na Assembleia Legislativa para votação. O pacote engloba quase 40 medidas que tentam conter, em médio e longo prazo, a crise financeira do estado. Todos os projetos de lei  foram protocolados com pedido de urgência, informa o governo.

Entre as medidas, estão a extinção de 11 órgãos ligados ao Executivo e a redução no número de secretarias, que passa de 20 para 17, com três fusões. Segundo o governo, serão demitidos entre 1,1 mil e 1,2 mil servidores, entre efetivos e cargos de confiança.

O governo espera que as medidas proporcionem aos cofres do estado uma economia de R$ 146,9 milhões por ano. Caso o pacote seja aprovado, será instituído um grupo de trabalho para acompanhar a implementação das mudanças.

 

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: