Clique aqui para acessar

Mais de 771 mil caem na malha fina do IR 2016; confira aqui se você é um deles

 

A Receita Federal liberou nesta quinta-feira, 8 de dezembro, a consulta para o sétimo lote da restituição do Imposto de Renda de 2016. Ao todo 1.613.183 contribuintes vão receber a restituição do tributo o que totaliza mais de R$ 2,3 bilhões pagos até o dia 15 de dezembro no País.

O crédito bancário da para 1.717.596 contribuintes será realizado no dia 15 de dezembro, totalizando o valor de R$ 2,5 bilhões, já que neste lote serão pagos também a restituição do Imposto de Renda de Pessoa Física dos exercícios de 2008 a 2015.

Quem ainda não recebeu a devolução do imposto de renda pode verificar se a declaração foi liberada no site da Receita Federal. Outro canal de contato com o órgão é pelo Receitafone, no número 146.  Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

Prazo para saque

A Receita Federal informou ainda que a restituição do Imposto de Renda de 2016 fica disponível ao contribuinte durante um ano no Banco do Brasil, caso outra instituição não tenha sido informada na declaração. Caso ele não faça o resgate no período, será necessário solicitar a Receita Federal por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

O contribuinte que estiver na lista do último lote da restituição e não receber o valor até o dia 15 de dezembro deve procurar uma agência do Banco do Brasil para resgatar o valor ou entrar em contato com a Receita Federal pelos telefones: capital – 4004-0001; demais localidades – 0800-729-0001. O órgão disponibiliza atendimento especial aos deficientes auditivos no número 0800-729-0088.

Malha fina

Segundo a Receita Federal 771.801 declarações permaneceram retidas em malha até esta data. A quantidade de declarações retidas hoje em malha fiscal corresponde a 2,61% do total de 29.542.894 declarações DIRPF 2016 apresentadas neste ano.  Desse conjunto de declarações retidas em malha, 75% apresenta imposto a restituir, 22% tem imposto a pagar e 3% não apresenta imposto a restituir ou a pagar.

Fonte: Economia – iG 

Clique aqui

Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: