Clique aqui para acessar
GeralJustiça

Elize Matsunaga é condenada a quase 20 anos de prisão por matar e esquartejar marido

 

Elize foi condenada por matar e esquartejar o marido / Foto: Reprodução Rádio Gaúcha - Divulgação Polícia Civil de São Paulo
Elize foi condenada por matar e esquartejar o marido / Foto: Reprodução Rádio Gaúcha – Divulgação Polícia Civil de São Paulo

A Justiça de São Paulo condenou na madrugada desta segunda-feira, 5 de dezembro, a bacharel em direito Elize Matsunaga pela morte do marido, Marcos Kitano Matsunaga, ocorrida em maio de 2012. Ela foi condenada a 19 anos, 11 meses e um dia de prisão em regime fechado.

O julgamento iniciou na última segunda-feira, dia 28 de novembro, e durou sete dias. Este foi um dos mais longos da história da justiça paulista.

Elize Matsunaga foi condenada a 18 anos e 9 meses por homicídio sem chances de defesa da vítima, e mais 1 ano, dois meses e 1 dia por destruição e ocultação de cadáver. Os jurados não consideraram as qualificadoras “motivo torpe” (por vingança e dinheiro) e “meio cruel” (que a vítima ainda estaria viva quando foi esquartejada), pedidas pela promotoria.

A defesa de Elize diz que irá recorrer da sentença. Ela deve voltar ainda hoje para o presídio de Tremembé, no Vale do Paraíba, onde está presa desde 4 de junho de 2012.

Elize era ré confessa do crime, cometido em 19 de maio de 2012. O julgamento serviu para definir o tempo de pena que ela irá cumprir.

 

Clique aqui

1 pensou em “Elize Matsunaga é condenada a quase 20 anos de prisão por matar e esquartejar marido”

  1. Tanta coisa para se fazer nesse Brasil e ficam sete dias para julgar uma pessoa que confessou o crime, isso se resolve em meia hora, mete na cadeia logo. Os jurados ficam isolados todo esse tempo longe do convívio da família para julgar essa vagabunda, e pega 19 anos, tinha ter prisão perpétua e ponto final.

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: