Clique aqui para acessar
DestaqueTrânsito

Quase metade das vítimas de acidentes com motos no RS são jovens, aponta Detran

 

Foto: Reprodução Pixabay
Foto: Reprodução Pixabay

Um levantamento realizado pelo Detran do Rio Grande do Sul aponta que 47% dos condutores e passageiros de motos vítimas de acidentes nos últimos cinco anos foram jovens. O levantamento foi realizado para balizar o início das discussões de um Grupo de Trabalho para a Segurança de Motociclistas.

Conforme o levantamento, de janeiro de 2010 até outubro deste ano, 3.321 motociclistas e caronas de moto morreram em decorrência de acidentes de trânsito. O número representara 25% do total das 13.466 mortes no Estado no período.

Segundo o Detran, desde 2012 o número absoluto de motociclistas e caronas de moto entre as vítimas fatais está caindo. De 600 vítimas em 2010, passou para 594 em 2012 e 434 em 2015. Em 2016, dados parciais até outubro contabilizam 355 mortes de motociclistas, de um total de 1,4 mil mortes no trânsito gaúcho.

O diagnóstico aponta que os homens representaram 88,9% dos motociclistas e caronas mortos em acidentes. Em relação à faixa etária, 14% das vítimas tinha entre 18 e 20 anos, 16,7% tinha de 21 a 24 anos e 15,9% tinha de 25 a 29 anos, totalizando quase metade das mortes entre os jovens.

O turno da noite concentrou a maioria das vítimas fatais em todos os dias da semana. Sábado foi o dia com maior número de registro de mortes envolvendo motociclistas, totalizando quase 23% das ocorrências, e mais da metade das mortes (52%) ocorreram em vias urbanas.

 

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: