Vírus da zika pode sobreviver 8 horas fora do organismo, aponta estudo

 

Foto: Reprodução Pixabay - Darko Stojanovic
Foto: Reprodução Pixabay – Darko Stojanovic

Um estudo divulgado nos Estados Unidos nessa terça-feira, 15 de novembro, mostra que o vírus da zika pode sobreviver por até oito horas fora do organismo.

Conforme o estudo, o vírus consegue se manter vivo e “altamente contagioso” sobre superfícies duras e não-porosas, e ser transmitido por meio de seringas contaminadas ou em contato direto com feridas na pele. Porém, o estudo mostrou ainda que os desinfetantes mais comuns são “extremamente eficazes” para matar o vírus.

Os meios mais comuns de transmissão do vírus são por meio de uma picada de um inseto infectado, ou pelo contato direto com uma pessoa infectada.

Segundo os pesquisadores, agora o próximo passo é testar os índices de resistência do vírus em superfícies não-porosas no calor, e quais são as melhores formas de eliminá-lo.

 

Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: