Clique aqui para acessar

Manifestação em Miraguaí deverá bloquear a ERS-330 nesta sexta-feira

 

Uma manifestação que está prevista para acontecer na cidade de Miraguaí bloqueará a ERS-330 na próxima sexta-feira, dia 11 de novembro. A mobilização, que deve ocorrer em todo o Brasil, tem o objetivo de pedir mais recursos para a educação, saúde e agricultura, além dos direitos dos trabalhadores.

Segundo os organizadores de Miraguaí, o protesto terá início às 8h com uma caminhada pelo centro da cidade, e posteriormente, a cada 30 minutos, será bloqueada a rodovia nas proximidades da saída para Tenente Portela. O bloqueio deve durar o dia todo e apenas veículos de urgência e emergência serão liberados.

Na cidade de Miraguaí, as entidades participantes são: Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de Miraguaí (Stiamira), Escola Estadual Osmar Hermann, 27º Núcleo do CPERS Sindicato, Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Miraguaí (STR).

Pauta de Reivindicações:

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de Miraguaí  -STIAMIRA

  • Contra a retirada do 13º salário, férias e PIS/PASEP;
  • Contra o aumento da carga horária de 8h para 12 horas;
  • Contra a privatização do SUS;
  • Pelo não aumento da idade para aposentadoria aos 65 anos;
  • Contra a mudança na política eleitoral;
  • Pela não terceirização do trabalho;
  • Pela não aprovação da PEC 241;
  • Contra o fim da CLT.

Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Miraguaí – STR

  • Pela manutenção da forma que está a Previdência Social (Mulher aos 55 anos e homem aos 60 anos) sem desvinculação do Salário Mínimo e com reconhecimento do Sindicato;
  • Pelo acesso à terra aos agricultores e jovens rurais e que se dê continuidade ao crédito fundiário;
  • Pela agilização da Lei das Falências, sempre priorizando o produtor de leite;
  • Pela implementação de disciplinas escolares voltadas à produção de alimentos para a subsistência familiar, priorizando a qualidade de vida às famílias do campo e da cidade.

Movimento dos Pequenos Agricultores – MPA

  • Pela retomada do Programa Minha Casa Minha Vida com subsídio aos camponeses;
  • Não à PEC 241 que congela por 20 anos os repasses para saúde, educação, agricultura;
  • Pela continuidade dos programas sociais: FIES, ProUNI, Bolsa Família, Bolsa Estudos;
  • Pela reabertura do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) que foi extinto, mas é de suma importância para a agricultura de todo o Brasil;
  • Por assistência técnica: Programa Camponês, crédito desbancarizado e desburocratizado;
  • Pela produção de alimentos livres de agrotóxicos;
  • Pelo incentivo às feiras livres nos municípios e à produção de sementes crioulas.

27º Núcleo do CPERS Sindicato

  • Pelo impeachment do governo Sartori;
  • Contra a reforma do Ensino Médio;
  • Por mais recursos para a educação;
  • Pela reposição salarial;
  • Pelo pagamento do Piso Salarial Nacional com valorização do Plano de Carreira;
  • Contra o parcelamento de salário;
  • Contra a PEC 241 que diminuirá os investimentos em educação.

Escola Estadual de Ensino Fundamental Osmar Hermann

  • Contra o fechamento de um dos turnos da Escola;
  • Contra a reorganização por turno único. Ninguém pediu nossa opinião;
  • Contra a enturmação (mais de uma turma na mesma sala);
  • Pela Educação do Campo, pois a SEDUC deve ter um olhar diferenciado no número de alunos;
  • Contra o enxugamento de recursos por parte do governo, pois este quer amenizar gastos, prejudicando a educação do campo. Não queremos isso!
  • Pelo incentivo da permanência do jovem no campo, sem o fechando de escolas, pois escola do campo não é gasto é Investimento;
  • Pela valorização dos professores e funcionários da escola do campo;
  • Pelo reconhecimento de que a Escola Osmar Hermann é um marco em nossa comunidade, com mais de 56 anos de existência e reconhecida pela sua qualidade educacional.

 

Fechar
%d blogueiros gostam disto: