Clique aqui para acessar

Tenente Portela: 250 suínos em situação de maus-tratos são retirados de propriedade

 

Suínos foram retirados de propriedade em Tenente Portela e levados para Vista Gaúcha / Foto: Reprodução site do MP-RS
Suínos foram retirados de propriedade em Tenente Portela e levados para Vista Gaúcha / Foto: Reprodução site do MP-RS

O Ministério Público (MP) precisou intervir em um impasse entre um criador de suínos de Tenente Portela e uma cooperativa e retirar cerca de 250 porcos que estavam em situação de maus-tratos em uma propriedade localizada na localidade de Linha Ortolan, no interior do município. A retirada dos animais ocorreu na tarde dessa segunda-feira, dia 7 de novembro, e foi acompanhada pelo promotor de Justiça Guilherme Santos Rosa Lopes.

Urubus granja suínos Tenente Portela
Urubus sobrevoando a granja devido aos animais já mortos / Foto: Reprodução site do MP-RS

Conforme o MP, na propriedade funcionava uma matriz de procriação de suínos, e as porcas estariam morrendo de fome e sofrendo maus-tratos. Conforme laudo técnico emitido pela Inspetoria de Defesa Agropecuária da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação, os animais foram encontrados em estado de desnutrição e caquexia (fraqueza e perda de peso) por falta de alimentação, além de condições higiênicas e sanitárias em desacordo com a legislação estadual, “acarretando prejuízos ao bem estar animal e aumento significativo da mortalidade”, de acordo com o documento.

Após intervenção do MP e do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente, os animais foram retirados do local e levados para uma propriedade no município de Vista Gaúcha.

Segundo o Ministério Público, a situação dos animais foi causada por desacordo comercial entre o locatário do terreno e a cooperativa. O proprietário do imóvel busca na Justiça a reintegração de posse, pois segundo ele o locatário estaria descumprido os termos do contrato.

 

Fechar
%d blogueiros gostam disto: