Clique aqui para acessar

Ex-deputado do RS é indiciado pela PF por usar hospedagem em troca de votos

 

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O ex-deputado estadual Diógenes Basegio foi indiciado pela Polícia Federal em Passo Fundo, no Norte do Rio Grande do Sul, por abuso de poder econômico e captação ilícita de votos.

De acordo com reportagem realizada pelo portal G1, a investigação foi aberta à pedido do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e apontou evidências de compra de votos em uma casa de apoio mantida por ele na cidade de Passo Fundo. Segundo a reportagem, no local, pessoas de diversas localidades do estado eram hospedadas enquanto recebiam tratamento de saúde em hospitais da cidade. O acolhimento, conforme a investigação, era uma forma de conquistar eleitores.

De acordo com a PF, pelo menos 100 mil pessoas podem ter sido beneficiadas pela casa de apoio mantida pelo ex-deputado. Todas eram cadastradas e recebiam material político, que para a investigação, configurou crime eleitoral.

“Isso foi um questionamento que foi feito efetivamente para o deputado e ele reconheceu isso, que existia na casa um cadastramento de todas as pessoas que por ali passavam e depois essas pessoas recebiam do seu gabinete panfletos informativos sobre a atuação do deputado”, explica o delegado da Polícia Federal Mauro Vinícius Soares de Moraes.

Basegio teve o mandato de deputado estadual cassado no final de 2015 após uma série de denúncias de contratação de funcionários fantasmas e fraudes no pagamento de diárias e combustível.

Segundo o G1, a defesa de Basegio não respondeu aos questionamentos feitos acerca da investigação e indiciamento. O caso será remetido à Justiça eleitoral.

Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: